25.5.09

MMG vs Marinho Pinto

6ª feira, 22 de Maio 2009....
Jornal da Noite, TVI
E eu que perdi este espectáculo em directo...
Aqui fica....





9 comentários:

TONE disse...

looooool
Tenho que ver e ouvir melhor isto, mas lá que por vezes são um pouco tendenciosas as notícias da TVI, são.
É uma opinião!

Luis disse...

Brutal , a "gaja" ficou desarmada ...

Mariana disse...

LINDO!!!
Finalmente alguém que teve tomates para lhe dizer umas verdades!!! Fiquei fã do Senhor!!!!

Vanokas disse...

c'um catano...quem fala assim não é gago!!
Tive pena de não ter visto para perceber a que se deve este alarido todo com o bastonário da ordem dos advogados e a "manuelinha".
Alguém sabe??

elisabete disse...

Adorei. Eu não consigo ver essa senhora a apresentar o telejornal. Um bom jornalista não deve de emitir opinião sobre os seus entrevistados, e a Manuela Moura Guedes adora colocar o seu ar superior e "ofender" as pessoas. Boa srº Marinho Pinto

CDavid disse...

A Manela não é jornalista de formação..por isso é compreensível que não saiba conduzir uma entrevista nem conheça o código deontológico da profissão onde caiu de paraquedas. Por razões mais do que evidentes, "deram-lhe" uma posição para que não está preparada nem tem "unhas" para exercer.
Falta-lhe em inteligência o que lhe sobra em incompetência e arrogância.
Como disse o Marinho.. foi um espectáculo degradante... mas ela teve o que merecia. A TVI ficou mal no retrato... e será bom que o patrão desta estação televisiva ponha a menina na ordem e lhe ensine o "abc" da profissão.

maria(simplesmente) disse...

ate k enfim alguem diz umas verdades akela sra gostei de ouvir o k ouvi da boca d sr bastonario da ordem dos advogados mt bem

Wishmaster disse...

Acho que de uma vez por todas alguém conseguiu, finalmente, dizer algumas "verdades" à Sr.ª Manuel Moura Guedes, mas que na minha humilde opinião, são verdades que devem ser analisadas por todos os órgãos da comunicação social. Direito de opinião é algo que foi conseguido e que eu muito defendo, mas com peso e medida.

Qualquer pessoa pode ver o seu bom nome difamado por um jornalista e depois é praticamente impossível "largar o rótulo" que lhe foi colocado, mesmo apresentado provas da sua inocência.

Praticamente todas as profissões tem um código de ética e deontologia (eu sigo o meu como Eng.) , mas parece que muitos "profissionais" o esquecem na gaveta e as respectivas ordens profissionais nada fazem para o relembrar. Mais atenção e cuidado com as afirmações proferidas, os direitos de opinião de cada individuo só podem ir até onde começam os direitos de cidadania de quem é visado nas opiniões!

Cumprimentos a todos.

Luis disse...

Parabéns Marinho Pinto, fizes-te aquilo que ninguém ainda tinha feito, dizer das boas a essa péssima jornalista, como uma senhora consegue quase estragar uma estação de televisão, é incrivel!!!
Marinho Pinto, continua assim, como eu costumo dizer, há pessoas boas em todo o lado, mas essas mesmas quase que são engulidas por o resto, voçê é das poucas que presiste e resiste às "adversidades"!
Parabéns.